Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
Taquariva
Historia do Municipio

 

MUNICPIO DE TAQUARIVA

Quando o Sudoeste Paulista ainda no havia sido explorado pelo homem branco, os naturais da terra os ndios, como eram impropriamente chamados j o atravessavam com muita frequncia.

 

TUDO COMEOU AQUI ...

Voltemos ao passado ano de 1769. Vinte de Setembro, uma nova vila no estado de So Paulo fundada: a Vila da Faxina. Naquela poca nossa regio achava-se despovoada. A ordem era colonizar e espalhar o poderio de Portugal aos quatro ventos do Brasil e por ordem de D. Maria I, rainha de Portugal vrias vilas deveriam ser fundadas.

Nomearam o paulistano Antnio Furquim Pedroso para essa misso. Foi a, ento, que tudo comeou. Faxina era um pequeno povoado, que ficava ao lado esquerdo do Rio Apia-Guau.

Este lugar ficava a 18 quilmetros da atual Itapeva e a 6 quilmetros de Taquariva. O lugar conhecido tambm por Vila Velha.

A mudana da Vila da Faxina. Depois de 16 anos de fundao foi ordenada a mudana da Vila da Faxina para a paragem de Itapeva da Faxina. Esse lugar era a Sesmaria (uma grande fazenda) que ficava beira da Estrada Geral que ligava So Paulo ao Rio Grande do Sul. Foi oficializada a vila com o nome de Vila de Itapeva da Faxina. Muitos viajantes que por ali passavam, indo ou vindo de So Paulo ali pernoitavam e invernavam seus animais.

 

 

PASSAGEM DAS TROPAS

Um dos suportes na ocupao do povoamento do Sudeste brasileiro foi o comrcio de bovinos, outro foi o de muares. A tropa de muares tornou-se o maior sistema de transportes que o Brasil Colnia conheceu. As tropas vinham do Rio Grande do Sul pela Estrada Geral. Em Sorocaba havia a famosa Feira de Animais, onde os muares eram vendidos para todo o Brasil.

Apareceu assim, a figura do tropeiro, conduzindo incansavelmente as mercadorias para lugares onde o carro-de-boi no podia chegar. Os tropeiros tiveram um papel muito importante. Por estrada ruins, percorreram o serto, vilas e cidades do Brasil inteiro. Transportavam cargas: sal, acar, algodo, etc. traziam e levavam notcias e encomendas. Ajudaram na formao de povoados.

 

O MUNICPIO DE TAQUARIVA

Municpio  um territrio que pertence a uma cidade, com seus bairros, fazendas e stios.

At 1991 Taquariva foi Distrito de Itapeva, sendo criado atravs do Decreto n. 5285, de 18 de fevereiro de 1959. Distrito um pedao de terra menor que pertence a um municpio, obedecendo mesma Cmara e Prefeito. A Cmara formada pelos vereadores e o Poder Legislativo (que faz as leis do municpio). O prefeito o Poder Executivo (que cumpre as leis).

Em 27 de outubro de 1991 foi realizado o Plebiscito de Emancipao Poltico-Administrativa.

 

Atravs da lei n. 7664, de 30 de dezembro de 1991, Taquariva alcana sua emancipao poltico-administrativa tornando-se municpio.

 

PERFIL MUNICIPAL

Municpio: Taquariva SP

Regio Administrativa: Itapeva SP

Municpio de origem: Itapeva SP

Comarca: Itapeva SP

 

IDENFICAO DO MUNICPIO SITUAO GEOGRFICA

O municpio de Taquariva encontra-se na Regio Sudoeste do Estado de So Paulo e Sudeste do Brasil. A Regio Sudoeste de So Paulo composta por dezoito municpios: Apia, Barra do Chapu, Bom Sucesso de Itarar, Buri, Capo Bonito, Guapiara, Iporanga, Itaber, Itaca, Itapeva, Itapirapu Paulista, Itarar, Nova Campina, Ribeiro Branco, Ribeiro Grande, Riversul e Taquariva.

O municpio possui uma rea geogrfica de 235 Km2.

Encontra-se a 725 metros acima do nvel do mar; o clima temperado mido; em relao ao relevo predominantemente suave e suavemente ondulado; de solo frtil.

Topografia: Depresso Perifrica.

Vegetao: Vegetao Natural de Porte Arbreo, Reflorestamento, Capoeira, Cobertura Residual, Citricultura, Pastagem e Cultura Temporria.

O municpio rico em belezas naturais. Seu aspecto hidrogrfico conta com o Rio Apia-Guau, Lagoa "Paulina de Moraes" (no centro da cidade), Crrego da Areia e outros pequenos veios de gua que o cortam.

Taquariva, localizada no ramal da Raposo Tavares, Rodovia SP-258, Francisco Alves Negro, limita-se com Itapeva, Capo Bonito e Buri, a 235517 de latitude Sul e 484149 de longitude Oeste.

Dista 270Km da Capital, 165 de Sorocaba, 110 de Itapetininga, 28 Km de Buri, 40 Km de Capo Bonito e 22 Km de Itapeva.

 

CARACTERSTICAS DEMOGRFICAS

A populao do municpio est assim distribuda segundo Censo IBGE 2010:

Populao residente 5.151 pessoas

Homens - 2.578

Mulheres - 2.573

Populao residente Urbana - 2.811

Homens - 1.373

Mulheres - 1.438

Populao residente Rural 2.340

Homens - 1.205

Mulheres - 1.135

 

ASPECTOS ECONMICOS

A economia predominante agrcola e pecuria, sendo responsvel por parte significativa na produo de gros da Regio (milho, feijo, trigo, aveia, pipoca, soja). no valor do produto agrcola que reside a fora do setor primrio de Taquariva.

Grandes progressos vm ocorrendo na rea de produo animal, quantitativa e qualitativamente, devido a uma significante melhoria do nvel tcnico, levando o municpio de Taquariva a assumir posio de liderana na formao do valor de produo da pecuria regional, destacando-se o trabalho de renomados criadores.

A Indstria conta com importantes empresas no setor de madeiras.

Principais fontes de renda e trabalho do municpio so:

 

01 Joo Marques da Silva S/A de Comrcio e Importao (Faz. Trs Pinheiros) -Estrada Bairro do Avencal, Km 38 - Atividade: Florestamento, Reflorestamento, Agropecuria e Fruticultura.

02 Fazenda So Paulo Agropecuria Ltda.

Estao Engenheiro Barcelar, s/n - Atividade: Agropecuria

03 Fazenda Cerrado de Cima Israel Sverner - Rodovia Francisco Alves Negro

Atividade: Agropecuria - Produtos feijo, trigo, soja, milho e pipoca - Gado: Marchesiana

04 Fazenda Capituva Agropecuria Ltda. Rodovia Francisco Alves Negro

Atividade: Agricultura soja, milho, feijo e trigo.

05 Serraria So Luiz de Taquariva Ltda.

Atividade: Indstria e Comrcio de Madeiras.

06 Tak Pinus Ltda

Atividade: Indstria e Comrcio de Madeiras.

07- Serraria Celgom

Atividade: Indstria e Comrcio de Madeiras.

08 Granja Alvorada

- Atividade: Avicultura

09- Fazenda gua Clara

Atividade: Agricultura soja, milho, feijo e trigo, transporte, compra e venda de cereais

10- Cooperativa Holambra

Atividade: Agricultura transporte secagem, compra e venda de cereais.

11- Agromaia

Atividade: Agricultura soja, milho, feijo e trigo, transporte, secagem, compra e venda de cereais.

 

Ainda contribuem com a gerao de empregos o comercio local, autnomos

 

SISTEMA ENERGTICO

O municpio atendido pela Elektro Eletricidade S/A, jurisdicionada pela Rede Regional de Distribuio de Itapeva.

 

SEGURANA PBLICA

Atuam em Taquariva, no campo da Segurana Pblica, a Polcia Civil e a Polcia Militar.

A Polcia Civil faz parte do Poder Judicirio, investigando e apurando o crime.

Fazem parte da equipe um Delegado de Polcia, dois Investigadores, um Escrivo, um agente Policial e dois carcereiros.

A Polcia Militar garante a segurana do municpio, comandada pelo Sargento Morita, Cabo Valter e Soldados Ferrarezi, Freitas e Leme.

O trabalho de Segurana Pblica totalmente integrada  comunidade, de tal forma que ganhou seu respeito e admirao.

 

BANCO

Para auxiliar o desenvolvimento, o municpio conta com um Posto de Servio do Banco do Brasil no Correios alm de terminal de caixa eletrnico do Bradesco, e a correspondente da Caixa Econmica Federal a Lotrica Alo Sorte.

 

TRANSPORTE DE PASSAGEIROS

O municpio conta com nibus municipal e Kombis, que transportam, gratuitamente, passageiros da zona rural para a cidade e vice-versa.

Importante destacar que Taquariva passagem de nibus Intermunicipais, Interestaduais e Internacionais.

Em construo a Rodoviria local.

 

CORREIO

O municpio conta com uma unidade dos Correios a Rodovia Francisco Alves Negro.

 

TELEFONE

O rgo responsvel pelos servios de telefones do municpio a Telefnica e a Embratel que oferece aos seus assinantes canais de DDD e DDI, servio de banda larga speed, alm das empresas de telefonia mvel, Claro-Embratel, Vivo-telefonica, Oi e Tim, com servios de internet banda larga e 3G.

 

TELEVISO

Torre de Transmisso da TV TEM (GLOBO).

Os demais canais dependem de antena parablica.

 

SERVIO DE SADE

O municpio de Taquariva no possui hospital. Conta com o atendimento da Santa Casa de Misericrdia de Itapeva, como referncia para casos de urgncia/emergncia.

Possui a Unidade Bsica de Sade na cidade e nos Bairros das Pedrinhas e Formigas, onde atendem demanda espontnea e agendada.

Programas de ao desenvolvidas no municpio:

- Programa Agente comunitrio de Sade;

- Vigilncia Sanitria;

- Carncia Nutricionais;

- Dengue;

- Sade Mental;

- Sade Bucal;

- Assistncia mulher;

- Assistncia ao Adulto;

- Assistncia ao Pr-Natal;

- Dose Certa Farmcia.

 

 

 

ABASTECIMENTO DE GUA

O abastecimento de gua de responsabilidade da Sabesp, atravs da Estao de Tratamento de gua com aproveitamento do Rio Apia-Guau.

O tratamento da gua servida populao feita atravs dos seguintes procedimentos: floculao, decantao, fluoretao e filtrao.

O manancial utilizado pela Sabesp Rio Apia-Guau atende cerca de 90% da populao que se abastece de gua encanada.

Existem ainda poos artesianos abastecendo a zona rural.

Existe a Estao de Tratamento de Esgoto, onde os resduos atravs do processo de decantao (luz solar) recebem o tratamento necessrio.

 

COLETA DE LIXO

O lixo recolhido pela Prefeitura Municipal 2 vezes por semana e depositado no Aterro Sanitrio, em Itapeva, onde recebe a cobertura de terra.

 

ASSISTNCIA SOCIAL

Cursos diversos so promovidos, possibilitando oportunidades de trabalho, conscientizao, procurando devolver a dignidade aos menos favorecidos.

- Projeto Campo-Cidade/Leite (Convnio com a Secretaria de Estado da Agricultura) O leite contribui para a reduo da Mortalidade Infantil, por desnutrio no municpio;

- Palestras mensais com as mes das crianas que fazem parte do Projeto Campo-Cidade/Leite.

- Curso de Pintura em Tecido proporcionando s alunas gerao de renda e qualificao profissional.

- Curso de Informtica (parceria entre Votorantim e Prefeitura) preparando e qualificando novos profissionais para o mercado de trabalho;

- Melhor Idade Objetivo: Propor ao grupo a implantao de oficina de trabalhos manuais e momentos de integrao social e lazer;

- Curso de Alfabetizao para jovens e Adultos (O municpio participa deste projeto com salas de aulas na escola Maria Stela Guimares Barros com alunos de idade a partir de 16 at 65 anos. O sucesso do referido projeto resultado da parcerias

- Projeto Complementando a Renda

- Projeto de desenvolvimento da Juventude Visa formao, incluso social e resgate da cidadania.

- Projeto Grupo de Gestantes aps as palestras com trabalhos scio-educativos realizado pela Diretoria Municipal de Sade, as gestantes so cadastradas para cursos de tric, croch, corte e costura, pintura e para a confeco de enxovais.

- Cursos oferecidos aos muncipes com objetivo de promover gerao de renda s famlias e adolescentes, considerando o ndice de desemprego e a desqualificao profissional. Parceria entre SENAR atravs do Sindicato Rural de Buri e Prefeitura Municipal:

 

a) curso de artesanato em argila;

b) curso de administrao rural;

c) curso de associativismo;

d) curso de derivados do leite.

- Doma racional.

- Defumados e embutidos, dentre outros.

 

EDUCAO

Nesse admirvel mundo dos nossos sonhos, a Educao a grande fora da mudana, pois tem como objetivos:

- Formar indivduos capazes de analisar, interpretar e transformar a realidade, visando o bem estar do homem, em nvel pessoal e coletivo;

- Desenvolver a criatividade, o esprito crtico, a capacidade para anlise e sntese, o autoconhecimento, a socializao, a autonomia e a responsabilidade;

- Colaborar para a formao de um homem com aptides e atitudes para colocar-se a servio do bem comum, possuir esprito solidrio, sentir o gosto pelo saber, dispor-se a conhecer-se, desenvolver uma capacidade afetiva, possuir uma viso inovadora, enfim, um indivduo para ser e fazer mais em lugar de ter e usar mais;

- Resgatar o cultivo e desenvolvimento apropriado de valores e esprito cvico, levando-o a respeit-las;

- Aproveitar sua experincias anteriores, levando em conta seu nvel de desenvolvimento fsico, mental e cultural e tambm oferecer-lhes amplas oportunidades de crescimento intelectual e social.

 

A Escola no apenas um local de trabalho individualizado e sim uma organizao com objetivos prprios, elaborados e manifestados pela ao coordenada de seus diversos profissionais.

1008 alunos atestam o interesse e a preocupao dos habitantes do municpio para melhor preparar-se com vistas ao prximo milnio.

O Ensino Fundamental, de 1 a 4 sries tornou-se municipalizado a partir de 30/12/97 e de 5 a 8 sries a partir de 26/07/99.

 

No municpio existem as seguintes escolas:

01 Escola municipal de Ensino Fundamental Prof. Maria Stela Guimares Barros. Atende alunos da 1 a 8 sries, nos perodos da manh, tarde,

02- E.E. S. Grau Prof Clia Vasques Ferrari Duch no perodo noturno.

02 Escola Municipal de Ensino Fundamental Rural Prof.Manoel Yukito  Kitamura (Bairro das Pedrinhas). Atende alunos da 1 a 4 sries, no perodo da manh, num total de 119 alunos.

03 Escola Estadual Prof. Clia Vasques Ferrari Duch que funciona no prdio da Maria Stela Guimares Barros e atende no perodo noturno os aluno do Ensino Mdio.

04 Escola Tcnica Agrcola Estadual Dr. Dario Pacheco Pedroso, foi criada pelo Decreto n. 52.397 de 26/02/70. Todo o processo didtico-pedaggico-administrativo alicerado pelo Regime Comum das Escolas Tcnicas Estaduais jurisdicionadas ao centro Estadual de Educao Tecnolgica Paula Souza. A Direo est a cargo da Prof. Rita Aparecida Navarro, pela e pela Diretora de Servios Celeste Pezzoni. O corpo docente composto de professores concursados, tcnicos em agropecuria e processamento de dados e engenheiros agrnomos e florestais. Temos 02 coordenadores de rea. O corpo discente formado por jovens entre 15 e 21 anos, que residem nesta cidade, em localidades vizinhas.

A escola Tecnica tem cursos nas reas de Administrao, Tecnico Florestal, Meio Ambiente, Agropecuria,

 

ESPORTES

O Esporte est presente na vida dos cidados taquarivaienses.

A diretoria municipal de esportes cuida para que vrias modalidades se desenvolvam no municpio. Destacam-se atualmente o jud, futebol, futsal, capoeira,  entre outros.

Entres os esportes destaca a atuao do Futsal Feminino que referencia regional e conquistou mais de 20 ttulos importantes entre eles os jogos regionais e mais recentemente em 2012 a Copa TV Tem de Futsal Feminino

 

CULTOS RELIGIOSOS

A padroeira do Municpio Nossa Senhora Imaculada da Conceio, festejada no dia 8 de dezembro. Dessa maneira, a Igreja Catlica Apostlica Romana ostenta a Igreja Matriz Imaculada Conceio com trabalho de catequese, grupo de jovens, grupos de orao e outros movimentos importantes.

Outras Igrejas simbolizam a F do povo taquarivaiense.

- Igreja Presbiteriana com destaque para os Centros de Desenvolvimento da Criana  C.D.C.

-Igreja de Evangelho Quadrangular, baseada em 4 evangelhos: Mateus, Marcos, Lucas e Joo. Tem por smbolo a cruz, a pomba, o clice e a coroa.

-Igreja Assemblia de Deus

-Igreja Deus Amor

-Movimento Esprita Kardecista

-Igreja Congregao Crist no Brasil, e outras.

 

ASSOCIAO ACORDA BRASIL TAQUARIVA

Entidade civil sem fins lucrativos. Tem por finalidade realizar atividades em benefcio do municpio de Taquariva e se seus habitantes, atravs de programas integrados que contemplem o carter social cultural, educacional, esportivos, profissionalizante e ecolgico ambiental.

 

CONSELHO TUTELAR DOS DIREITOS DA CRIANA E DO ADOLESCENTE

rgo permanente e autnomo, no jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criana e do adolescente, atendendo e aconselhando os pais ou responsvel, enfim, solucionando qualquer tipo de violncia sofrida por crianas e adolescentes.

Esse Conselho formado por 5 Conselheiros os quais tem desempenhado com eficincia seu trabalho.

 

SISTEMA DE HABITAO

Segundo dados levantados atravs do PACS (Programa do Agente Comunitrio de Sade), o municpio de Taquariva possui 1742 domiclios

A maioria das construes existentes na zona urbana so de alvenaria, porm, existem construes de madeiras e papelite principalmente na zona rural.

Existe demanda de muncipes para melhoria habitacional, considerando que um grande nmero de residncias esto em precrias condies.

VEREADORES LEGISLATURA 2009 - 2012

 

Edson Valdir Sima - PSDB PRESIDENTE -2009-2010

Mauro Ernesto Moreira - PR - VICE-PRESIDENTE-2009-2010

Patrcia Maria Pereira de Lima - PPS - 1 SECRETRIA-2009-2010

Lcio Aparecido de Lara - DEM - 2 SECRETRIO-2009-2010

 

Edson Valdir Sima - PSDB PRESIDENTE- 2011-2012

Mauro Ernesto Moreira - PR 1 SECRETRIO - 2011-2012

Patrcia Maria Pereira de Lima - PPS 2 SECRETRIA - 2011-2012

Lcio Aparecido de Lara - DEM - VICE-PRESIDENTE - 2011-2012

 

 

Edivaldo Laerte Prioste - PSDB

Jos Benedito Silva - PSDB

Joo Lopes de Almeida - PR

Pedro Firmino Ferreira - DEM

Roberto Paulo - PR

 

SMBOLOS REPRESENTATIVOS DE TAQUARIVA

As famlias importantes, isto , os nobres de antigamente tinham como smbolo um braso. Eram suas armas. A parte principal do braso o escudo. No interior do escudo havia vrios desenhos que representavam alguma coisa... Embaixo do escudo havia um letreiro ou lema, s vezes escrito em latim. Em cima do escudo, uma coroa de baro, duque, etc. Os brases eram gravados nas portas das casas e at nas louas de uso das famlias.

No Estado de So Paulo, mais ou menos por volta de 1922 que os muncipes comearam a adotar armas. So smbolos representativos do municpio de Taquariva:

 

O Braso de Armas Municipal:

 

brasaomenu

 

DESCRIO HERLDICA DO BRASO DO MUNICPIO

Escudo redondo portugus encimado pela grande guia em metal jalde (ouro) e sable, estendida e voltada para a direita. Um campo de blau (azul) com duas estrelas de prata; no centro ou corao de Braso, uma clice de metal jalde, um livro de sable e uma estrela de prata. Num campo de sinople(verde) o desenho de um  bovino, de um trator e de uma roda dentada, lado esquerdo, direito, e aos ps do clice, respectivamente. Ainda neste campo de sinople, a inferior direita, um rio em blau. Como suporte a dextra e sinistra, duas de sinople. Finalmente no listel, com letras brancas em capo de gales (vermelho) a legenda em latim IN MOMENTO FUTURUM.

 

CONTEDO SIMBLICO DO BRASO

Escudo redondo portugus, baseado nas tradies e na origem tnica de nosso povo, a grande guia simboliza a proteo, a altivez, a garra do povo Taquarivaiense.

A estrela de prata esquerda do campo de blau  a homenagem ao primeiro proprietrio de terras (Doc. Paroquial livro2, Fls. 177v). A estrela de prata direita a homenagem a primeira educadora (Doc. Mapa de Movimento de Escolas Isoladas 1937).

O clice em metal jalde simboliza a f predominante no municpio. O livro de sable expressa a cultura do povo Taquarivaiense e a estrela em prata na base do clice simboliza o primeiro padre. O desenho do bovino, do trator e da roda dentada, representam respectivamente a pecuria, a agricultura, base da economia do Municpio de Taquariva e a Indstria, que indica o nascimento de mais uma fora econmica do Municpio.

O rio de blau representa o Rio Apia-Guau que recorta o Municpio. As rvores de sinople representam o parque florestal que cobre vasta rea do Municpio e a matria prima para as indstrias madeireiras e resineiras de Taquariva. Finalmente a expresso latina In Momento Futurum fazendo aluso ao Taquariva de hoje na senda de um futuro promissor e, a data 31 de Dezembro de 1991 fixando a data de assinatura da Lei da Emancipao do Municpio.

 

A Bandeira Municipal

 

bandeira

 

CURIOSIDADES - VOC SABIA?

 

01- Taquariva tem o significado de taquara fina da beira do rio.

 

02- A primeira professora a chegar em 1937, foi Auzinda Lyra Moreira.

 

03- O padre Manoel celebrou a primeira missa.

 

04- Antonio Medeira de Melo (esposo da 1 tabeli Dona Cacilda) ia a cavalo visitar os doentes e curou muita gente com o uso da Homeopatia.

 

05- Joo Brandino, nos anos de 1930 foi o primeiro comerciante aqui radicalizado, mas o melhor armazm foi do Joo Bonito (j nos anos de 1935)

 

06- Os moradores Joaquim Manoel da Fonseca e Jos Antonio da Fonseca foram fundadores da Igreja, a qual tem como padroeira Nossa Senhora Imaculada Conceio.

 

07- Os irmos Almeida, alm de serem os donos de uma loja, trouxeram para c a primeira bomba de gasolina.

 

08- O transporte era feito em lombo de burro e em carro de boi.

 

09- O primeiro caminho foi um Studeabaker, do comerciante Vidal Antonio da Fonseca.

 

10- O Senhor Sebastio Martins dos Santos falecido em 2009 era o morador mais antigo. Residiu em Taquariva a 59 anos.

 

11- Sua filha urea Mendes Comeron enfermeira  15 anos e tem prestado relevantes servios comunidade, nesse setor.

 

12- Sra. Maria Clara Mendes de Barros tambm figura importante no municpio, pelos valiosos servios prestados comunidade, esposa do Sr. Sebastio e me da enfermeira urea.

 

13- O cartrio de Registro Civil durante 25 anos esteve no comando da Senhora Dircia Schuabel de Barros que registrou como o 1 bito o senhor Joaquim Santos de Almeida (seu sogro).

 

14- A atual fazenda Santa Cristina serviu de pousada para tropeiros. Era a antiga fazenda do Chico Brs.

 

15- O lugar onde ficava a Vila Faxina, hoje Vila Velha habitada por ndios da tribo Guaiam.

 

18- O primeiro candidato eleito Prefeito de Taquariva foi Sebastio Rodrigues de Barros. Governou de 1993 a 1996.

 

19- O primeiro Presidente da Cmara Municipal de Vereadores foi Ademir Rodrigues de Barros de 1 de janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1993.